domingo, 29 de dezembro de 2013

O Natal

Como sempre e como se quer, foi passado em família. Muita comidinha boa (bem instalada nas cochas e barriga), presentes q.b. e saudinha. Para o ano há mais. Agora venha daí o novo ano que este não me deixa saudades nenhumas. 

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

7

O meu amor faz hoje 7 anos.
 
 
Emoção, amor, gratidão, felicidade, esperança.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Da vida (e da morte)

Está quase a fazer um ano que o amor da minha mana, desapareceu. É inevitável que nesta época as recordações sejam mais fortes. Não por ser Natal, mas porque a memória do dias que antecederam aquele, estão mais presentes. Não foi um ano fácil, principalmente para a minha irmã. É a primeira vez que convivo de perto com a morte, com o que ela representa, a ausência, a dor, a saudade a tristeza que se entranha e que se manifesta nos movimentos e posturas do corpo, no olhar, nos gestos... A minha irmã continuou a viver, mas não será mais a mesma.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Até que nem me importava nada de fazer uns trocos com isto (estou a rir-me às gargalhadas)

Uma semana sem andar pela blogosfera e a discussão mantem-se: fazer negócio com os blogues, publicidade (encapotada e assumida) nos blogues, "viver à custa" dos blogues...

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Por aqui

Tenho andado por aqui, mas sem grande apetência para escritas. Aproxima-se uma data complicada e as recordações são muitas. Inevitavelmente, o Natal e o Ano Novo ficaram marcados pelos acontecimentos do ano passado.
De hoje a oito dias o meu filho faz anos. 7 anos, como é que é possível?... tenho tantas saudades do que já passou. E é assim que eu ando,  melancólica, nostálgica e saudosa.

terça-feira, 3 de dezembro de 2013