quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Serei só eu?

Francamente não consigo perceber a existência de um livro para crianças intitulado "O meu pai está desempregado". Assim como não consigo perceber os livros sobre "a crise explicada às crianças". Não consigo, pronto. Não me perguntem porquê, não consigo expressar a repulsa (no sentido de fugir a sete pés destes livros) que me provocam. Mas digamos que representam um certo conformismo com a realidade que temos, para além de retirarem o encanto que para mim a literatura tem.

Retirada daqui
 

3 comentários:

  1. a do pai desempregado, não percebo!! what the hell??

    ResponderEliminar
  2. penso que a ideia é conseguir explicar às crianças aquilo que é, sem dúvida, uma mudança radical na vida de uma família: o desemprego de um dos pais.

    (obrigada por teres passado na ervilha e deixado comentário :) )

    ResponderEliminar